Pitadinha extra de sal pode comprometer a saúde

case

Uma pitadinha de sal é capaz de realçar o sabor de qualquer alimento, até mesmo os doces. Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira, produzido pelo Ministério da Saúde, o sal é um exemplo de produto alimentício fabricado pela indústria e extraído da própria natureza. Sendo um dos temperos mais básicos e antigos da culinária, seu papel principal é tornar a preparação mais saborosa e agradável ao paladar.

No entanto, o sal precisa ser utilizado com moderação para que essa relação seja benéfica. Na medida certa, ele é capaz de garantir deliciosas refeições. Enquanto que o excesso pode causar diversos problemas de saúde, como insuficiência renal, acidentes vasculares cerebrais (AVC, ou derrame) e hipertensão.

O consumo excessivo de sal está associado à hipertensão, causa direta e indireta de várias outras doenças crônicas, como as cardiovasculares e renais. A redução do sal na alimentação tem potencial para diminuir uma grande fração de mortes prematuras e aumentar, consideravelmente, a expectativa de vida saudável na população brasileira.

Para evitar o consumo excessivo de sal, veja algumas dicas:

As preparações caseiras são sempre a melhor saída! Além de garantir a origem do produto, 

Use e abuse das ervas, frescas ou secas. Elas podem ser até cultivadas na sua própria casa. Além disso, são ótimas substitutas dos temperos prontos e industrializados, que são cheios de sódio. 

Prepare sua própria mistura de alho e sal! Essa dupla é uma velha conhecida das cozinhas, mas pela praticidade a mistura é facilmente encontrada pronta nos supermercados. Mas para controlar o consumo de sal, o ideal é fazer a sua em casa. 

Aposte no sal de ervas! Ele consiste em uma mistura de partes iguais de sal, orégano, manjericão, alecrim ou qualquer outra erva aromática seca, conforme ensina a publicação do Ministério da Saúde.  É uma boa opção para dar sabor, mas sem exagerar no sal.

Reveja seus hábitos: evite adicionar sal às comidas prontas, tire o saleiro da mesa, meça a quantidade de sal com uma colher de chá ao invés de acrescentar pitadas a olho nu, esteja atento aos rótulos dos alimentos, descasque mais e desembale menos. São exemplos de pequenas atitudes que, incorporadas aos seus hábitos, podem reduzir significativamente seu consumo de sal. 

Em caso de dúvidas, procure a nutricionista e endocrinologista da Clínica Viver!

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(93) 3515-3703
(93) 99245-3703
(93) 99245-3703


Horário de Atendimento

  • Seg-Sex...............07h00 - 18h00
  • Sábados...............07h00 - 12h00

AGENDAR CONSULTA

Telefone:
(93) 3515-3703

Endereço:,
R. Manoel Umbuzeiro, 1912. Centro, Altamira - PA

Celular
(93) 99245-3703

WhatsApp
(93) 99126-3703